Contar histórias: um jeito fascinante para seus filhos aprenderem inglês

O ensino de inglês para crianças deve, além de promover o desenvolvimento linguístico, contribuir para o desenvolvimento intelectual, sociocultural e emocional. Para atingir esses objetivos, a Teddy Bear utiliza o Programa Educacional® Storytelling. Esse programa proporciona aos alunos um aprendizado bilíngue que amplia sua visão de mundo de maneira natural e prazerosa.

Ao inserir a língua inglesa em atividades familiares ao universo das crianças na primeira infância, como contar histórias, só que em inglês, ampliamos determinadas habilidades, como listening e speaking, fundamentais para o posterior desenvolvimento das habilidades de reading e writing.

Neste artigo vamos abordar como o ato de contar histórias contribui para o ensino do inglês contextualizado, lúdico e divertido, além de incentivar o gosto pela leitura, ampliar o conhecimento de novos vocábulos e estruturas linguísticas, introduzindo diferentes tipos de literatura no dia a dia dos alunos. Confira!

Importância de contar histórias

Todos nós sabemos que contar histórias é uma atividade muito antiga. Desde os primórdios, os homens das cavernas contavam suas histórias ao redor de fogueiras para transmitirem algum ensinamento ou para criarem identificação com aqueles que estavam ouvindo.

Ao contar uma história para uma criança, damos-lhe a possibilidade de refletir sobre o que ela faria se estivesse naquela situação, incentivamos o pensamento inventivo e a solução de problemas, além de encorajarmos o desenvolvimento socioemocional e a empatia.

Contar histórias na sala de aula possibilita ao professor criar um mundo imaginário que encanta crianças de diferentes faixas etárias. Ao fazê-las se concentrarem para ouvir e entender a história, o educador estimula também a imaginação e o raciocínio lógico necessários para que elas sejam capazes de construir uma sequência lógica com os acontecimentos que acabaram de ouvir.

Os pais também podem optar pela prática com o objetivo de transmitir a história da família e dos antepassados para os seus filhos. Dessa maneira, torna-se mais simples desenvolver a noção de pertencimento na criança, demonstrando como os acontecimentos ocorreram até ela chegar ao mundo.

Benefícios de contar histórias no ensino do inglês para crianças

O mundo imaginário criado pelo storytelling é uma ferramenta muito utilizada no ensino de idiomas para crianças. O grande poder de observação e a necessidade de ouvir a mesma história repetidas vezes possibilitam maior fixação das novas palavras e estruturas gramaticais, além de:

  • ampliar o uso do idioma para abranger o conteúdo abordado na história;
  • proporcionar diferentes significados para a língua inglesa;
  • desenvolver habilidades orais (audição e fala);
  • criar relações interdisciplinares de maneira lúdica e acessível;
  • introduzir novas culturas por meio de diferentes tipos de literatura;
  • estimular o prazer pela leitura;
  • estimular a curiosidade, o pensamento inventivo e a solução de problemas;
  • possibilitar a reflexão por intermédio de metáforas.

O fortalecimento do vínculo entre a criança, os pais e os professores melhora a cada história contada. Naturalmente, é possível desenvolver maior apreço pelos livros desde cedo, além de enriquecer o vocabulário e a escrita do inglês e das demais línguas.

Dicas de como contar histórias para o aprendizado do inglês

Vimos como a prática de contar histórias é benéfica para o seu filho, não é mesmo? Mas saiba que, como qualquer outra atividade que exige atenção, ela deve ser feita no momento adequado. Para isso, é essencial saber como transmitir os conhecimentos das fábulas para que as crianças prestem atenção ao que está sendo comunicado.

Os professores podem utilizar diversos recursos, como fantoches, brinquedos, desenhos, mímica etc., para facilitar cada vez mais o entendimento e evitar distrações. Além disso, a associação com imagens proporciona um aprendizado mais dinâmico e instigante para a curiosidade dos estudantes.

Em casa, escolha o momento ideal para contar histórias e tornar a atividade prazerosa para o seu filho. Prepare o ambiente para que ele se sinta confortável e, também, para facilitar o desenvolvimento da empatia pelo conhecimento da fábulas e contos.

Investigue, sempre que for possível, se os resultados com a atividade estão de fato promovendo a melhoria do desenvolvimento escolar e se os professores notam maior facilidade com o ensino do inglês.

A seguir, confira algumas dicas sobre como proporcionar um método fascinante e eficiente do ensino da língua inglesa para as crianças.

Crie o clima adequado

Para a maior parte dos pais, muitas vezes fica difícil competir com a televisão, o computador, o videogame e demais brinquedos. Portanto, não hesite em separar um momento adequado, além de um ambiente acolhedor e que transmita tranquilidade e bem-estar para ouvir a história.

Praticar essa atividade antes de dormir ou quando a criança estiver mais relaxada facilita a atenção e a curiosidade. Instale uma cor diferenciada e convide o seu filho para ouvir a fábula no quarto ou em outro local da casa. O que não vale é forçá-lo a fazer algo que não queira, pois isso pode gerar mal-estar e atrapalhar a comunicação.

Mude o tom da voz

Quando estiver contando as histórias, experimente utilizar diferentes tons de vozes para os personagens. Seja espontâneo e dê total atenção às reações da criança para entender o que ela sente com a fábula. Caso perceba que ela tem preferência por uma ou mais pessoas que fazem parte da narrativa, use e abuse da criatividade para manter a concentração.

É natural que os filhos enxerguem os pais como referências e, certamente, eles demonstrarão maior abertura para ouvir o que têm a dizer. No mais, são os pequenos detalhes, como a simples variação das vozes ao contar histórias, que podem favorecer a escuta e aumentar o sentimento de carinho pela família.

Utilize música

Todo mundo sabe que a música é uma ferramenta ágil e eficaz para a aprendizagem das crianças. Utilizá-la ao contar histórias favorece a atenção, o discernimento para a mudança de alguma cena e até mesmo para transmitir sensações e emoções que ocorrem nas fábulas.

A atividade pode ficar ainda mais interessante se os pais decidirem tocar algum instrumento, como violão, piano, chocalho, entre outros. Portanto, busque repassar os acontecimentos por meio das diferentes notas musicais e perceba como elas são potentes para despertar entusiasmo com a história que está sendo comunicada.

Faça teatro

Encene algumas ações da fábula e, se possível, crie um teatro para que a criança desenvolva melhor assimilação com a realidade que está contando. Você pode, ainda, estimular a criatividade sobre a narrativa por meio de objetos, por exemplo, utilizando fantoches e bonecos para representar os personagens.

Geralmente, as crianças são muito visuais e tendem a relacionar melhor os fatos quando são materializados para o seu cotidiano. De qualquer maneira, a atratividade da brincadeira torna a escuta da história mais divertida e esperada pelo seu filho. Lembre-se também de convidá-lo para fazer parte de algumas cenas no teatro!

Ilustre a história

Você pode ilustrar a fábula de diversas maneiras, por exemplo, utilizando massinha de modelar, pinturas, símbolos, desenhos, entre outros. Observe qual é o formato ideal para repassar as informações para o seu filho e tenha em mente que ele deve facilitar a compreensão sobre a história, e não o contrário.

O maior benefício dessa dica é que a própria criança pode criar sua ilustração sobre o que ouviu. Assim, os pais descobrem se ela se manteve atenta e interessada no que foi dito, além de visualizar quais são as reações emocionais e psíquicas despertadas com a narrativa.

Desenvolva contos com o seu filho

Uma das formas mais eficazes de transmissão de conhecimento é quando a criança tem a liberdade e o espaço para criar suas próprias histórias. Como pai, busque inserir o seu filho em todas as etapas, desde a escolha dos personagens, o local onde a fábula se passa, o enredo, e determine qual é o objetivo de contar aquele conto.

É interessante, ainda, registrar e escrever a narrativa inventada para ler depois com a criança. Com um pouco mais de organização, convide-a a desenhar as partes mais interessantes e compile tudo em um caderno para levar aos colegas e professores da escola. Esse material pode até mesmo servir como excelente recurso didático!

Estimule a leitura

Desde cedo é interessante estimular o hábito da leitura e da escrita no cotidiano das crianças. Para isso, realize passeios nas bibliotecas públicas da cidade, explique ao seu filho a importância de se registrarem as histórias e conservá-las nos livros.

Quando puder, presenteie-o com os mais variados estilos de contos, para aumentar ainda mais o seu leque de conhecimento. O desenvolvimento escolar também tem a chance de ser bastante privilegiado com o estímulo precoce ao saudável hábito da leitura.

Contar histórias é um diferencial na educação das crianças. Quando a prática é direcionada para o aprendizado do inglês, ela fica ainda mais divertida e proveitosa. Lembre-se de que é essencial escolher o momento adequado para realizar a atividade com o seu filho, buscando evitar a competição com outras distrações.

Gostou do conteúdo e quer manter-se por dentro do assunto? Conheça também 5 atividades em inglês que podem ajudar na aprendizagem do seu filho!

Powered by Rock Convert