Como escolher a melhor escola de inglês para crianças?

Como escolher a melhor escola de inglês para crianças?

Você já sabe que o estudo do inglês ainda na infância é um passo fundamental para o planejamento do futuro da criança, proporcionando habilidades e competências importantes para a formação pessoal e profissional dela.

Mas como escolher da forma mais acertada uma escola de inglês para criança? Alguns pontos importantes precisam ser avaliados na hora dessa decisão. Entre eles, buscar recomendações com quem já conhece a instituição, conhecer a estrutura da escola, entender os diferenciais que ela oferece, avaliar o custo benefício, além de saber mais sobre a formação dos professores.

Crianças precisam se relacionar com outras pessoas para desenvolver e aprender uma nova língua. Uma aprendizagem mais vivencial e que propicia atividades em ambientes diversificados nos quais a interação acontece com mais naturalidade e frequência, atinge resultados mais satisfatórios do que o método tradicional. Para alcançar o resultado e obter o retorno esperado é preciso que elas entendam o porquê de estarem ali tentando se comunicar com quem não fala a mesma língua que elas.

Neste post mostraremos alguns fatores que devem ser considerados na hora dessa escolha tão fundamental para o futuro do seu filho. Siga com a gente!

Entenda o método de ensino

Utilizar técnicas diferenciadas como forma de ensino pode ser um fator essencial na escolha da instituição. Escolas que ensinam de forma lúdica, usando a prática e atividades fora da sala de aula conseguem obter melhores resultados no aprendizado das crianças. Aprender de forma natural e vivenciar a língua estrangeira pode tornar a aquisição do segundo idioma mais prazerosa e efetiva.

Tão importante quanto aprender a língua inglesa é conhecer os valores e a cultura dos países que falam esse idioma. Isso tornará o seu filho um aprendiz global, que entende o que se passa fora do seu meio. Hoje, esse é um dos fatores buscados pelo mercado profissional.

Durante o estudo, a criança deve sentir satisfação em aprender. A existência de lições de casa, atividades externas e a forma como o aprendizado é acompanhado, por exemplo, podem ser definidores na hora dessa escolha.

Escolas interativas e que oferecem o ensino do inglês com atividades que impulsionam o colaborativismo, a independência e a criatividade como culinária, jardinagem, leitura, contação de histórias, jogos educacionais, teatro e músicas, conseguem fazer com que a aquisição da língua estrangeira aconteça de forma natural.

Outro fator a ser levado em consideração é entender os critérios utilizados pela instituição para seleção e nivelamento dos alunos nas turmas oferecidas. Esteja atento a idade, maturidade, ano escolar e nível de conhecimento da língua inglesa do grupo que será oferecido para seu filho. É importante que esteja em uma turma compatível com seu perfil e necessidades educacionais.

Procure conhecer a formação dos Educadores

Um corpo docente formado por Educadores fluentes, capacitados e especialistas no ensino de um segundo idioma, deve ser levado em conta no momento da decisão. Um profissional capacitado, atencioso e que tem um bom relacionamento com crianças certamente auxiliará na motivação de seu filho para que ele se interesse ainda mais pelo aprendizado da língua.

Conheça os materiais didáticos

Os materiais didáticos utilizados pelas instituições também devem ser levados em conta, uma vez que é preciso despertar o interesse da criança o tempo todo.

Livros e materiais devem ser reconhecidos pelo mercado e estar adequados às faixas etárias. Quanto mais jovem, maior a necessidade de se usar recursos de cores, desenhos e sons para chamar a atenção dos estudantes.

No entanto, mais do que os livros tradicionais, outras ferramentas pedagógicas como jogos, aplicativos, ambiente virtual, quadros interativos, músicas, filmes, entre outros recursos em língua estrangeira podem auxiliar o aprendizado.

Busque referências e visite a instituição

Conhecer ex-alunos e os pais desses estudantes pode ser um bom caminho. Peça indicações e pergunte como foi a experiência dessas pessoas. Uma instituição com credibilidade é fundamental. Consulte redes sociais, como Facebook e Instagram e veja o que as pessoas estão falando sobre o local.

O resultado de uma experiência interessante em uma escola de qualidade é palpável. Quem por ela passou terá sucesso no mercado de trabalho, desenvolverá atividades profissionais inovadoras, poderá fazer intercâmbios e terá fluência na língua estrangeira estudada.

O ambiente também precisa ser considerado. Por isso, ir até a instituição, saber como são os espaços físicos disponíveis, conhecer os atuais alunos e professores e, até mesmo, pedir para seu filho experimentar uma aula também pode ser interessante e de grande ajuda antes de tomar a decisão.

Observar o comportamento dos estudantes e a forma como chegam e saem do local pode ajudar a incluir mais pontos na lista de prós e contras para fazer uma escolha.

Pesquise preço e diferenciais

É claro que o preço conta, mas não pode ser o fator primordial na hora de escolher uma escola de inglês para criança. Adequar o estudo de uma segunda língua na rotina deve ser prioridade no orçamento da casa, mas não adianta pagar muito barato e deixar de lado a qualidade do ensino. Fazer um investimento certeiro vai garantir um futuro promissor ao seu filho.

Desperdiçar dinheiro não é uma opção! Informe-se, faça comparações entre as propostas, entenda os diferenciais oferecidos pelas instituições. Um ambiente adequado para o seu filho também na escola de inglês é importante para a formação humana dele.

Considerar a carga horária das aulas de cada instituto, para adequar o cronograma de atividade da criança, também é importante.

Mais do que apenas aprender o inglês, é preciso levar em consideração o bem-estar do seu filho, aproveitando o tempo dele da melhor maneira possível. Ao escolher uma escola de inglês considere que instituições que oferecem diferenciais na forma de ensinar podem garantir um resultado melhor no aprendizado.

Uma nova língua poderá ser aprendida mais facilmente se a pessoa estiver inserida em um ambiente propício, com profissionais adequados e preparados.

Agora que você já entendeu como é fundamental pesquisar sobre as escolas de inglês antes de fazer a matrícula do seu filho, entre em contato com a Teddy Bear para conhecer mais sobre a estrutura e o método de ensino oferecidos.

Powered by Rock Convert