Medo de falar em inglês: saiba como perder essa insegurança

O medo de falar inglês é algo comum entre diversas pessoas, no entanto, é indispensável contorná-lo. Atualmente, não existem mais dúvidas em relação à importância de saber se comunicar fluentemente nessa língua estrangeira. Não somente o mercado de trabalho exige isso para quem deseja ser verdadeiramente bem-sucedido, como o próprio dia a dia expressa essa necessidade.

Não é nada agradável, por exemplo, viajar para vários países e ficar totalmente desconfortável entre toda aquela gente falando outro idioma, certo? Nem é legal ter uma porção de conteúdos importantes e diferenciados para ler e comentar com os outros e simplesmente não conseguir, por serem em inglês.

É natural, contudo, sentir certo temor na hora de se expressar em uma língua que não é a materna. As palavras somem, as mãos suam, você pode chegar até a tremer. No entanto, temos as soluções para isso e explicaremos tudo neste artigo. Acompanhe!

Use e abuse das músicas e leituras

Aprender algo pode ser bem mais prazeroso se você atrelar o ensino a uma porção de coisas que gosta, não é mesmo? Por isso, recorra às músicas e a diferentes tipos de leitura para ter cada vez mais contato com o inglês.

Essa ação auxilia nas mais diversas formas na hora que você for se comunicar em outro idioma. Primeiramente, terá muito mais segurança, já que saberá mais como as frases são estruturadas e quais tipos de expressão são comumente utilizados.

Além disso, sabe aquela sensação de não achar a palavra certa para dizer algo? Ela simplesmente vai sumir se você ampliar o seu vocabulário por meio de músicas e leituras em inglês.

Pode-se começar por conteúdos mais simples para, então, chegar aos mais complexos. No início, uma boa dica, por exemplo, é assistir a clipes musicais em inglês com a legenda também em inglês. Dessa forma, há um contato maior tanto com as palavras escritas quanto com a forma correta de pronunciá-las.

Converse com amigos e familiares

Muita gente costuma se sentir bem mais à vontade quando está entre conhecidos. Em meio a pessoas mais distantes, às vezes, pode ser que comece a gaguejar mesmo na língua materna se o nervosismo ou timidez forem grandes.

Por isso que treinar o inglês com os amigos e os familiares é uma boa saída. Além de haver mais liberdade com essas pessoas, o medo de errar é muito menor. Afinal de contas, você estará ao lado de gente querida, que realmente quer lhe ver bem e que, em vez de rir ou debochar de um erro ou outro, o ajudará nesse processo.

Peça auxílio sempre. Os diálogos, no entanto, não precisam ser mecânicos, pelo contrário. Diga coisas do dia a dia, discuta assuntos cotidianos e aleatórios. Converse como se estivesse se comunicando em português. Isso fará com que o peso de falar outro idioma seja muito menor. Além disso, irá auxiliá-lo a pensar em inglês.

Conte com uma boa escola de idiomas

Até aqui falamos de como você pode perder o medo de falar inglês até mesmo na sua própria casa. No entanto, também é fundamental contar com uma boa escola de idiomas para isso, com profissionais verdadeiramente capacitados para guiar os estudantes em tudo o que for preciso.

Não basta, porém, escolher qualquer escola, achar que tudo dará certo e que logo você falará inglês livremente por aí, até mesmo com os nativos. É essencial procurar um local que realmente invista nas habilidades orais. É o caso da Teddy Bear.

Para se expressar bem é preciso contar com uma metodologia de ensino que insira os estudantes no inglês da maneira mais natural possível. Na Teddy Bear são propostas várias atividades que vão além do aprendizado do idioma, como as relacionadas à culinária e à sustentabilidade, mas que o utilizam para se comunicar a todo momento.

Dessa forma, o aprendizado vai se dando de maneira cotidiana, semelhantemente ao que ocorre em relação à língua materna. Melhor impossível!

Utilize boas ferramentas tecnológicas

Se não há dúvidas de que saber se expressar em inglês é fundamental hoje em dia, o mesmo ocorre em relação ao conhecimento da relevância da tecnologia atualmente. Mais do que facilitar diversas ações, esse tipo de recurso tem sido de suma importância para os processos de aprendizado. Não é diferente em relação aos idiomas.

A Teddy Tech, da Teddy Bear, permite que o estudante dê continuidade ao aprendizado de forma online. Dessa forma, consegue aprimorar os seus conhecimentos e ter um suporte diferenciado.

Além disso, essa ferramenta torna todo o processo mais prazeroso, afinal de contas, qual criança/adolescente dos dias de hoje que não ama estar em frente às telas? Que seja, então, de maneira produtiva!

Não desista

O medo de falar inglês surge nos mais diferentes momentos. Muitas vezes, aparece logo após uma frase mal colocada, um erro cometido aqui e ali e pronto: isso já é o suficiente para achar que não se sabe nada e que nunca vai conseguir tirar de letra o idioma.

Esqueça totalmente esse tipo de pensamento. Em qualquer processo de aprendizado, é normal falhar algumas vezes. O que não se pode é desistir só porque houve uma escorregada. É preciso ter a certeza de que se é plenamente capaz e, com o auxílio profissional, pode-se ir muito mais longe do que se imagina.

É fundamental se esforçar continuamente e dar o melhor de si constantemente. Na hora de se comunicar com alguém, esqueça qualquer tropeço que pode vir a acontecer e firme a mente no que é realmente importante: o seu desenvolvimento e o seu progresso em outro idioma.

Cultivar uma postura confiante faz com que as pessoas consigam se desenvolver cada vez mais. Pense nisso!

O medo de falar inglês é algo natural, no entanto, é possível contorná-lo de maneira eficiente. Utilizando os recursos certos e contando com a ajuda de uma escola de idiomas que realmente sabe o que faz, os bons resultados não demoram a surgir.

Gostou deste artigo? Saiba mais sobre a Teddy Bear e como podemos ajudá-lo. Temos as melhores soluções para você! Entre em contato conosco!