História do Natal: saiba como ele é comemorado em algumas partes do mundo

Você já se perguntou qual a verdadeira história do Natal? Certamente, você já deve ter visto diversos filmes e séries que mostram o quanto essa época é especial. Mas como ela é comemorada no restante do mundo?

Se você tem curiosidade e quer saber mais sobre essa história, acompanhe este conteúdo até o fim. Nele, apresentamos um pouco sobre o surgimento dessa tradição e suas diferentes características em três lugares diferentes.

Conheça a história do Natal

O Natal é um feriado religioso em diversos locais do mundo. Antes mesmo do nascimento de Cristo, algumas religiões pagãs já usavam a data para celebrar a chegada do inverno (o chamado solstício de inverno). Foi somente a partir do século IV, com o intuito de cristianizar essas comemorações, que a Igreja Católica oficializou o dia 25 de dezembro como o dia do nascimento de Jesus.

Outros símbolos foram surgindo com o passar do tempo. A árvore de natal, por exemplo, tem origem no protestantismo — acredita-se que Martinho Lutero foi o primeiro a montar uma em casa. Já o Papai Noel, é inspirado em um bispo turco chamado São Nicolau, que costumava deixar moedas nas chaminés de famílias humildes.

Veja como ele é celebrado em outras partes do mundo

Como você bem sabe, são vários os símbolos utilizados durante as comemorações do Natal. Vamos descobrir agora como eles se diferenciam ao redor do mundo?

Estados Unidos

O Natal dos Estados Unidos é um dos mais presentes no imaginário popular. Filmes como Esqueceram de Mim e outros clássicos costumam retratar essa época sempre com muitas luzes, magia, além de coincidir com as férias escolares. A neve também marca presença e o chamado White Christmas é comumente desejado e celebrado.

Uma tradição que difere do Brasil é que o Natal não é celebrado em uma ceia na virada do dia 24, e sim durante o almoço do dia 25. Já o peru, também bastante comum por aqui, costuma ser reservado às comemorações do Thanksgiving, celebrado na quarta quinta-feira de novembro.

Inglaterra

Na Inglaterra, o peru integra o cardápio da celebração, assim como o pudim de ameixa. Outra tradição é a missa da meia-noite do dia 24, assim como assistir ao discurso da rainha, comumente proferido no dia 25.

Outra tradição por lá é o Boxing Day, dia 26 de dezembro, em que diversas lojas oferecem ótimos descontos. Acredita-se que a tradição começou porque os patrões costumavam dar bonificações em caixas após o Natal como forma de agradecimento pelo ano trabalhado. Assim, as pessoas iam às compras no dia seguinte, para gastar esse dinheiro extra.

Grécia

Sabe o costume americano em que as crianças batem de porta em porta pedindo doces no Halloween? Algo parecido acontece na Grécia durante o Natal. As crianças vão até os vizinhos para cantar canções de Natal e acredita-se que abrir a porta para elas traz prosperidade ao novo ano.

À mesa, quem marca presença é o Christopsomo, um pão feito na véspera do Natal com uma cruz desenhada na massa antes de ir ao forno. A tradição pede que o chefe da família faça o sinal da cruz sobre o pão antes de cortá-lo e servi-lo aos demais membros da família.

Viu só como a história do Natal é rica e cheia de curiosidades? Conhecer outros costumes e culturas é sempre interessante e até mesmo enriquecedor uma vez que amplia nossos conhecimentos e aumenta a curiosidade sobre esse mundão.

Gostou de saber mais sobre esse tema? Se sim, aproveite para compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e contar aos seus amigos esse tanto de coisas novas que você aprendeu.

Powered by Rock Convert