5 dicas de como motivar os filhos a estudar

Muitos pais se preocupam em garantir que seus filhos tenham boas notas na escola. Para isso, é preciso que as crianças e adolescentes se sintam motivados a estudar. Mas como despertar esse interesse nos jovens?

Neste post, mostraremos 5 dicas de como motivar os filhos a estudar, focando no interesse deles no aprendizado de uma segunda língua, como o inglês.

Saiba que para ter sucesso nesse processo é preciso estabelecer metas, criar rotinas, utilizar o entretenimento para despertar interesse e participar desse momento de aprendizado. Quer saber como ter um papel crucial nesse processo? Siga conosco!

1. Estabeleça metas

Definir objetivos em curto e longo prazo pode ser um grande incentivo. Quando a tarefa parece muito extensa ou complicada é difícil despertar o interesse para cumpri-la. Assim, ao deixar claras as metas, o caminho parece mais curto.

Se você definir que é preciso ler por dia uma determinada quantidade de páginas de um livro de inglês, por exemplo, e não ele por completo de uma só vez, poderá despertar um maior interesse no seu filho em concluir o quanto antes a atividade. O mesmo vale para uma nota em determinada prova. Colocar um valor mínimo e deixar registrado impõe a ele um desafio alcançável.

2. Aposte em pequenas recompensas

A ideia, ao criar pequenas recompensas, é uma maneira interessante de incentivar o seu filho e, ao mesmo tempo, recompensá-lo pelo esforço ou pela meta alcançada. Mas, não exagere! Dar dinheiro ou comprar algo muito caro não é o caminho. Faça desse momento um espaço para compartilharem juntos essa vitória, como uma ida à sorveteria ou ao cinema.

3. Crie uma rotina de estudos e de descanso

Ter o horário predeterminado para estudar e as horas de descanso estabelecidas é outro exemplo de como orientar e motivar os filhos a estudar. Crie um quadro de horários prevendo até 50 minutos de foco e paradas de até 10 minutos para ir ao banheiro ou tomar uma água. Nesses intervalos, ele abre mão do estudo e se distrai, mas sem perder muito tempo.

Inclua nesse quadro o período em que ele se dedica à escola de inglês, por exemplo. Preveja tempo para as lições de casa e treinamento de uma segunda língua. Mas pense em atividades de lazer, esportivas e de descanso também.

4. Misture o estudo com atividades divertidas

Uma das estratégias que mais dão resultados para a motivação do estudo é relacionar o aprendizado do idioma a algo de que se gosta muito — e ninguém melhor do que os pais para conhecer o gosto dos seus filhos.

Assim, use o momento de aprendizado para dar exemplos da vida cotidiana. Convide a criança a jogar games em que ela possa treinar o idioma e se divertir ao mesmo tempo.

Ouvir músicas relacionadas ao tema em estudo também podem ser de grande valia, assim como programas de TV e filmes. Com essa estratégia é possível aprender sem nem mesmo perceber que está “estudando”.

5. Crie um ambiente adequado para a concentração

Para conseguir focar na atividade é preciso que ela seja feita em um local silencioso, bem iluminado e confortável. Distrações (como barulho de televisão ou a presença de outras pessoas) pode prejudicar o tempo dedicado ao estudo.

Crie, portanto, um local adequado para que o estudante sinta prazer em estar. Além disso, tente estar por perto para esclarecer dúvidas e demonstre apoio ao trabalho desenvolvido.

Os pais estão habituados a enfrentar desafios durante a infância e adolescência no que diz respeito ao interesse pelos estudos. Mas colocando em prática algumas dicas, é possível motivar os filhos a estudar, desenvolvendo, inclusive, o aprendizado do inglês.

Agora que você já sabe como ajudar no estudo da garotada, compartilhe este artigo nas redes sociais e mostre aos amigos e seguidores como ajudar os jovens nesse processo.

Powered by Rock Convert